É falta “daquilo”

Vocês já repararam que praticamente todas as pessoas que vivem militando e dizendo por ai que “namoro é pra casar” ou que “o certo é esperar que a pessoa certa apareça “, estão solteiras? Melhor dizendo: estão solteironas! Quase fazendo carreira na solidão. E a coisa ainda piora! Com todo respeito a generalização, é claro, mas todos os sujeitos e sujeitas que conheço e que se enquadram neste perfil, acumulam centenas de casos fracassados no histórico pessoal. Você, amado leitor, certamente possui uma leva dessa gente distribuída entre os amigos do Facebook. Perca alguns minutos consultando o curriculum de cada uma delas e veja por si só, um pouco do óbvio.

Continue lendo “É falta “daquilo””

Anúncios

Últimas palavras

Olá, meu neto. Saudades de você.

Perdoe-me pela demora em responder sua carta. Meu câncer alcançou um estágio avançado e com o decorrer do tratamento, ando tendo pouco tempo de sobra para os demais cuidados da vida. Pois bem, fico feliz que tenhas chegado aos 18 anos com muita saúde e inteligência. Gostei do que falaras sobre a relação que tive com sua falecida avó e de imediato, já quero responde-lo: sim! Éramos um casal feliz e apaixonado. Vivemos muito bem no decorrer dos 46 anos de união. Não éramos perfeitos, não gostamos muito um do outro de primeira, mas aprendemos a superar esses detalhes. Li também que ainda não superara muito bem a questão da sua ex-namorada e de como a nova vizinha andou balançando seu peito. Ah, meu filho… as coisas não são tão simples quanto parecem. Fez bem em me pedir alguns conselhos, há muito do que precisas aprender.

Pra começar, eu senti o ar de maturidade que você aplicou entre as letras, mas antes de tudo coloque uma coisa em mente: não se ache! Você ainda não é homem só porque possui um certificado de reservista no bolso. Muito menos pela entrevista de emprego marcada, ou pelas camisinhas usadas em baixo do colchão. Homens de verdade não dão pra trás nas situações difíceis. Eles aguentam, eles superam. Sempre com a cabeça erguida, sempre demonstrando coragem, mesmo quando se está completamente corroído por dentro.

Continue lendo “Últimas palavras”

Veraneio Malogro

 

Cá estou! Tristonho, suponho.

Convicto das dores que colecionei com o tempo,

Desfalcado encaro, um cotidiano sem sabor,

Pois sem você, é claro, tudo que tenho é efêmero.

Cá estou! Tristonho, suponho.

Observando as rosas dançando na chuva,

Com as mãos calejadas desfaço as lágrimas,

Molhadas memórias, amargas entre as unhas.

Cá estou! Tristonho, suponho.

Condenado ao castanho dos seus olhos apáticos.

Reflexos que espelham meus medos e devaneios,

Emendas de dias, decepções em retalhos.

E cá estou! Tristonho, pressuponho.

Na insólita ilusão de vê-la retornar,

Padeço largado em débito com os medos,

Vitimado pelo funesto erro, de um dia lhe amar.

Divergente

sonaminterview_1374835306_600x450

Você e Eu… Nós dois! Pessoas legais com assuntos e histórias dignas de filmes, além de diversos traços e gêneros em comum. Porém nosso relacionamento nunca deu certo, ao menos, não da maneira que desejava e que ainda desejo. Os motivos são diversos… É como se tudo não passasse de um complexo algoritmo cheio de loopings e classes – há argumentos, circunstâncias, padrões e desculpas que você imagina e fala pra todo mundo ouvir, alimentando a cada dia, um pouco mais do tamanho abismo que existe entre nós dois. Abismo este que costuma lhe sedar, ao ponto de não perceber os sinais que entrego a você em meio à multidão que lhe cerca. Abismo que também costuma me engolir, no primeiro indício, na mais fraca tentativa de contato, onde as primas: Distância e Rotina terminam de fazer o serviço destruindo todas as expectativas; Logo as investidas acabam e Eu não consigo você. Só o que sei é que quando a poeira finalmente abaixa, você sai embarcada com seus amigos e Eu fico perdido em tantos planos, porém a verdade é que, mais uma vez, ficamos e estamos sozinhos.

Continue lendo “Divergente”

Mio caro Graciosa

pos5

Estrategicamente, observava. Completamente mudo, como se as próximas atitudes determinassem o futuro da minha vida… Mania feia de levar tudo muito a sério, não é? Até concordo, porém você, garota, é meu grande dilema. E só pra variar (e concordar) a palavra “dilema” rima com o seu nome. Só que por hoje, Eu não estou nem ai! A vida era minha e nela Eu determino o que bem quiser. Ou pelo menos, foi assim que me enganaram e ensinaram a acreditar, então logo silencio a mente e volto a observar…

Céus! Como você é linda! E, acima de tudo, Eu a quero ao meu lado: Seja na praia mergulhando nas ondas do mar, quanto no campo, sob as sombras de uma boa e velha árvore. Quero de mãos dadas, trocando olhares e com toda aquela dormência nos lábios dos tantos bons beijos divididos. Seria pedir demais por um bom “single” do Phill Collins ao fundo? Ou, melhor ainda, seria ouvi-la dizer o quanto está apaixonada… Do quanto desejara a eternidade de um breve momento. Ah! Ajudaria também se Deus permitisse um radiante por do sol, com toda aquela vibração que nos relembra o quanto é bom estarmos vivos, apesar de a própria vida insistir na falácia niilista da completa falta de sentido em tudo.

Continue lendo “Mio caro Graciosa”

Atualizando o status

pos4

Quando não existe amor, todas as atitudes de um casal são bem previsíveis. Por exemplo, contarei exatamente o que acontece quando duas pessoas magoadas decidem se distanciar:

O homem vai tentar renovar a vida e irá se machucar,
A mulher fará o mesmo, provavelmente depois de ouvir alguns conselhos, e também dará topadas.

Com sorte, o lado mais fraco e azarado voltará a procurar seu antigo par, isto é, se o orgulho permitir.

Só que, num relance simples dos fatos nascerá a prova de que nada mais será como antes. E o tempo vai dando cartadas e mais cartadas até um dos dois parar e perceber que o melhor remédio é zerar tudo e esquecer.

E assim termina uma história. Por falta de motivação, confiança e vontade de fazer diferente, de ser diferente.

Continue lendo “Atualizando o status”

Que homem você pediu a Deus?

pos1

A faculdade de poder, antes de qualquer expressão, medir as frases com total exatidão para evitar qualquer tipo de conflito idiota é (em outras palavras) tudo aquilo que uma mulher sã pediu a Deus no pacote de perfil do seu homem. Afinal até Eu, se fosse mulher, gostaria de ter alguém que soubesse (nos momentos certos) o que dizer/aconselhar/encantar/escrever e principalmente o que praticar. E com práticas, falo principalmente de atitudes! Simples surpresas capazes de tornar o Mundo um pouco mais doce, em meio à tamanha rotina infernal que suportamos diariamente. Se o “boy” não fosse capaz de me deixar nas nuvens, jamais sentiria que de fato fui conquistada.

Continue lendo “Que homem você pediu a Deus?”

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: