Notas diárias

Hoje e a um certo tempo sou abraçado por momentos fortes de melancolia e reflexões existenciais. E ao contrário do que se espera bem sei que são nesses momentos que podemos aprender e mutar-se. Veja oh mortal os diversos lados de vossa existência! Não fazendo uma apologia ao sofrer, mas ao mínimo deixe-me buscar um sentido em meio a tudo isso.
Sou simultaneamente tomado por um calor sufocante, como se meu corpo estivesse sendo inflamado por pensamentos ascendentes. Nada de tão diferente, afinal não sou único a encontrar-se nos sentimentos. 

Quem me ver por cotidiano levanta falsas constatações. Sequer estão de saber quem sou e por isso julgam-me sem conhecer. É quase um ato sarcástico meu comportamento profano em meio a essas circunstâncias. Capa protetora é não se importar. Eu me mostro?

Eu tenho é coragem para desabafar sobre essas bobagens. Os céus se adornam de nebulosidade e uma disfarçada chuva cai sobre mim, estou debaixo de uma árvore de cipó que parcialmente me cobre. Não faço questão, afinal me queimo por dentro. Paro e pairo no instante, finco meus olhos em direção a uma coruja e ela tenazmente olha sobre mim como se soubesse de todos meus pecados. Eu, meus pensamentos e uma corujinha.

De nada sabem, sou fisicamente forte e de comportamento misterioso. Não meço tempo e olho para minhas mãos feridas pelo trabalho braçal. Puxo de dentro da mochila um romance e folheio por alguns instantes enquanto a chuva cai. Sinto meu corpo cançado mas é o coração que dói. Dói e muito. Eu não consigo fugir de meus sentimentos a muito tempo.

Eu me sinto muito sozinho em meio a multidões de gente mentirosa. Vale a pena ser sincero em um mundo de superficialidades e fingimento? Tudo tem passado muito rápido, as relações tem multiplicado e os amores diminuindo. É tipo por vencedor quem é mais egoísta e individualista. Mas sabe, eu estou cheio disso tudo. Cheio de pessoas com complexo de realeza que se sentem o topo do mundo e melhores do que os outros. Estou revoltado com tanta hipocrisia dos que dizem defender o povo mas que tem um coração carregado de presunção. Minha vontade é de me isolar cada vez mais, se for pra sofrer que seja em solidão. Que eu não me misture com tais demônios.

Vou bem no sofrer, pois consigo nesse momento sair da caixinha de fingimentos. Belchior, tu tens razão!

Anúncios

Um comentário em “Notas diárias

Adicione o seu

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: