“She’s online”.

Ok! Eu sei que normalmente não se ama alguém de primeira, meus pais me ensinaram isso! A TV também… As músicas, os livros, os professores, enfim: cada pedaço da vida. Eu também sei que não se promete, nem se declara todo seu amor pra alguém que você nunca viu, nunca sentiu e muito menos teve ao lado. Pra alguém na qual os únicos registros presentes são as fotografias e áudios. Pra alguém que me tornou um expert na arte de interpretar o que há por trás de cada olhar e o que se esconde nos intervalos da voz, sim! Eu uso essa artimanha… Fazer o quê, né? Foi necessário… Só assim fui capaz de interpreta-la tão bem; observando o que todos os outros normalmente ignoram. E por falar dos “outros”, vocês querem saber de uma coisa? Eu sei muito bem como as relações devem funcionar, sou um cidadão moderno e bem disciplinado, todavia resolvi ignorar tudo isso, resolvi ignorar o script padrão de como viver uma juventude saudável e me entreguei a contramão geral dos relacionamentos, contra a guia cultural de nutrição de sentimentos. Não fiz isso para me destacar, ou para demonstrar o quão superiores somos de todos os demais, pelo contrário: vacilamos tanto como todos os outros. A diferença é que não nos entregamos a corações diferentes por noite, por esquina. Somos oposição porque não optamos pelas opções mais fáceis, escolhemos/queremos/desejamos/sonhamos e planejamos a opção mais difícil de todas! A união de dois mundos apartados pelo destino, de duas almas enraizadas em pontos distintos do planeta.

E não importa quanto tempo passe, nem as tretas que acontecem, ou todas as demais leviandades da vida. Alternativo a boa parte dos demais, conheço bem a razão pela qual devo prosseguir – tudo aquilo que todos os outros procuram, eu encontrei em ti. E desde as nossas primeiras mensagens, minha vida se converteu num verdadeiro cronômetro. As horas, dias, semanas e meses se passam desenhando o rastro duma sina inevitável: o dia do nosso encontro. Nesse dia, meu cronometro parará, formalizando o funeral de todas as ansiedades e carências que me cercam. Procuro não imaginar o primeiro abraço, o cheiro do seu cabelo, a força das suas unhas, nem a cor das suas roupas. Não, não… Essas coisas ficam mais deliciosas quando saboreadas pelo momento. O que procuro imaginar é a construção de uma nova fase uma vez ao lado da minha cara metade, abandonando para sempre a notória aflição que anda por aqui, ocupando seu lugar, enquanto você não vem me assumir de vez como terreno seu, para sempre seu.

Carrego no peito uma certeza: haverá uma tarde ensolarada no futuro, um por do sol nos abençoando com a consolidação de que todas as expectativas e contagens de outrora estarão enterradas eternamente. Sentarei na sacada da minha vindoura casa, observarei seu nome gravado na aliança fundada no dedo e deixarei os ventos carregarem meus pensamentos por todos os lados do espaço. Nessa tarde em especial, o universo todo ouvirá, mais uma vez, o quanto eu te amo. Como na letra de uma velha canção que já não pertence só ao futuro, eu a canto desde agora, desde o presente. Hoje ela preenche meu coração na sua falta, amanhã será o motivo de cada sorriso na sua face afeiçoada aos carinhos do meu colo, e que seja logo! Pra ser tão eterno quanto meu ideal do entardecer, pois tudo que eu faço meu amor, faço por você. ❤

 

 

 

 

Look into my eyes – Olhe nos meus olhos
You will see what you mean to meVocê verá o que você significa pra mim
Search your heart, search your soulProcure em seu coração, procure em sua alma
And when you find me thereE quando você me achar lá
You’ll search no moreNão irá mais procurar

 

Música: (Everything I Do) I Do It For You

De: Bryan Adams

 

Fim

7 comentários em ““She’s online”.

Adicione o seu

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: