Em pratos limpos

Nenhum ser mal intencionado, por mais falso que seja, seria idiota o bastante para levantar toda uma linha argumentativa baseada completamente em mentiras. Nem Satanás que é o pai da mentira fazia/faz isso. Sozinha a mentira destrói a si mesma, um argumento mentiroso pode ser muito bem refutado com apenas dez segundos de reflexão. O “segredo” utilizado pelos falsos em busca do sucesso na mentira baseia-se numa técnica milenar de mistura dos polos. Basicamente há uma mescla na alegação; na construção de sua premissa, o sujeito mistura afirmações verdadeiras com informações falsas, cria em cima disso uma posição de defesa aparentemente válida e a lança ao público. No deserto, Satanás honrou seu título de pai da mentira ao utilizar essa artimanha. É bem verdade que os anjos poderiam salvar o Mashiach na queda do penhasco, se assim ele desejasse, entretanto a mentira se esconde no propósito pelo qual foi levantada a necessidade de realização desse ato.

É necessário tomar todo cuidado possível quando se encontra uma premissa que contém essas características na grande mídia, ainda mais se ela começar a se propagar entre as massas. Um sábio é capaz de analisar e identificar todos os elementos enganosos na alegação rapidamente. Consegue, até mesmo, distinguir por níveis a índole daqueles que defendem a falsa premissa apresentada. Normalmente são pessoas divididas em duas classes classificadas por este autor como: Os enganados e as ovelhas negras. Os primeiros são todos aqueles sujeitos que se deixaram levar pelos tentáculos verdadeiros da afirmação e, com isso, não perceberam os tentáculos falsos, ou foram envolvidos pelo pouco de verdade que ouviram, concluindo então que se existem duas ou três verdades contidas na ideia, logo o conteúdo inteiro é verdadeiro. Os segundos, por outro lado, são aqueles que sabem que a premissa não se sustenta em hipótese alguma, entretanto a defende com unhas e dentes! A todo vapor! E somente o faz porque o conteúdo retratado satisfaz sua posição/crenças/valores. Os primeiros – com a ajuda do sábio e um pouco de vontade própria – ainda possuem chances reais de acordar para a realidade, os outros em contrapartida possuem o caráter moldado no engano, apenas uma intervenção divina pode removê-los de tal situação.

Asseguro a vocês que o fato descrito acima ocorre nos debates públicos com a mesma frequência dos estupros no mundo islâmico, é uma artimanha terrível que chegou ao mundo pelos lábios de uma serpente. Com um pouco de dedicação e dias de sobra, qualquer um é capaz de encontra-la nas bases de sustentação de muitos dos conceitos existentes e vigentes ao redor do globo, incluindo teses religiosas, ideologias políticas, posições filosóficas e morais, etc. Caso tenha vivido até aqui sem levar tudo isso em consideração, volte todas as casas e recomece o jogo da vida novamente, analisando com muito cuidado é claro, todos os princípios que permeiam o universo de convicções ao seu redor.

Obrigado.

2 comentários em “Em pratos limpos

Adicione o seu

  1. Eu sempre questiono a verdade e a mentira, afinal, depende sempre de duas pessoas: falante e ouvinte. E nesse caso, um mundo de possibilidades se apresenta. Tem aquela questão de quem conta um conto aumenta um ponto. E há a questão de que não ouvimos tudo, apenas pedaços que representam o que queremos realmente ouvir. Complexo.
    Acho que toda fala gera cuidados, tanto de quem a pronuncia, como de quem a ouve.
    Assunto complexo. aff

    Curtido por 1 pessoa

    1. A linha é muito tênue entre as duas questões que você citou.
      No caso do bom mentiroso ele tanto aumenta o ponto como também é expert em falar os pedaços o que os outros querem ouvir. Ele age de maneira consciente. Quem não percebe nada até idolatra.

      Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: