Vamos ser criativos por favor #3

Caminhando mais um ”tiquinho” na saga, mas o desfecho se aproxima. Um conjunto de artigos com um propósito exato, o desenvolvimento!  Novos termos virão, quem sabe canções líricas, crônicas ou poemas épicos. Que o sentimento aflore em um emaranhado de emoções nossas expressões de individualidade. 

Criatividade é uma palavra muito simples de conceituar, o significado é a capacidade de criar novas coisas, de grande valor universal, é uma sublime condição humana. Uma faceta talvez latente, que nos abençoa com a inovação de tempos em tempos. Nós não somos estáticos, somos uma espécie que inova, muda, transforma!

Apertem os cintos e vamos lá!! Antes de começarmos, aconselho ouvir a música Marcha Turca de Mozart. 

 

Criatividade – Inovação – Transformação rotineira

 

Os seis chapéus do pensamento Livro por Edward de Bono, um excelentíssimo escritor maltês, me fundamento nessa obra para produzir esse artigo, fazendo alguns comentários nas teses propostas. Caro leitor, o senhor ou a senhorita achará facilmente esse livro em uma livraria tradicional, e se impossível for, tem até em PDF. Não deixe de ler tal obra.. Indicação mesmo, forte abraço! É um daqueles livros que não devemos deixar de ler nessa vida; Vamos lá…

 

Esse método é particularmente extensivo, pois fornece total arcabouço para criar novas ideias, solucionar problemas, dar o entendimento de algo, superar algo desejado, tomar decisões importantes Etc.. São maneiras diferentes de raciocinar acerca de determinada coisa e executar um projeto. Em busca da criatividade, pois ela é excelente. Esse método analogicamente faz menção de chapéus para ensinar táticas diferentes de uma grande estratégia que são os objetivos e a resolução de questões problemáticas. Grandes foram os homens criativos, a eles devemos o legado de nossa riquíssima civilização. Nós não paramos com o fogo, tudo começou quando um jovem alegre desenhou na parede de uma caverna um cavalo e sua amada…

 

Chapéu da cor branca: Analise seu objetivo. Enxergar de forma analítica o que está sendo tratado. De forma fria e calculista. Analisar determinado assunto pelo lado racional da coisa. É a pura Lógica analítica. Considerando que você já detém os dados lógicos de tua analise, agora é usar os outros chapéus para ver os pontos positivos e negativos. Pergunta chave: O que é?

 

Chapéu cinza: Enxergar tudo de negativo, não é ser pessimista, apenas entender os pontos fracos que podem ocasionar algo de errado em seu objetivo e fortalecer e concertar as brechas no muro. É bom saber o que pode dá errado para não ser pego de surpresa. Perguntas chave: Quais são as coisas ruins desse teu projeto? O que pode dar errado?

 

Chapéu amarelo: Lógica positiva: Enxergar os lados positivos da coisa, o que vai dar certo de qualquer maneira. Reconhecer os benefícios de tal coisa, e ver os pontos fortes que irá ajudar em seu desenvolvimento pessoal. Todas as chances de dá certo de forma lógica, as probabilidades de tal coisa ocorrer. O pensamento otimista, ter forma analítica e tudo que é viável de acontecer. Pergunta chave: O que sem sobra de duvidas vai dar certo?

 

Chapéu verde: Agora não é mais analisar, agora é a hora de criar. Pensar, pensar e ver as coisas de maneira criativa, ter ideias para solucionar algo. Criar uma nova ideia. Não veja mais o lado logico, deixa as ideias novas fluírem. Não se reprima quando pensar: Nossa que ideia interessante, essa vai funcionar. Pergunta chave: Como fazer?

 

Chapéu vermelho: Fugindo do lado racional das coisas. Agora é partir para o aspecto da intuição. É hora de fugir da racionalidade e procurar caminho na transcendência. Ver as Emoções e sentimentos que te causam determinado pensamento Boa parte das leis cientificas nasceram da intuição, o calculo só serviu para provar o que já sabiam. Pergunta chave: De que jeito fazer?

Chapéu azul: É você pegar todas as formas anteriores e começar a refletir sobre as conclusões tiradas. Essa é parte mais interessante, o desfecho final de todo o processo. É a parte existencialista de nossas ações, o que nos eleva ou nos dilacera. O que nos abençoa, ou o que nos abete… Pergunta chave? Porquê ter uma pergunta chave?

 

Morte do egoísmo- Aquilo que nos dilacera

O egoísmo é o câncer da humanidade, é o ato de colocar o Ego pessoal como o centro do mundo em detrimento das outras pessoas. Não é pensar em si mesmo, é passar por cima de todo mundo para conseguir o planejado. Quer um exemplo? Uma pessoa que começa a inventar boatos no trabalho e tem prazer em ver o colega sendo prejudicado e ele engrandecido. É o que destrói a humanidade desde sempre. E nos últimos tempos, graças a cultura consumista, estamos nos tornando mais apáticos, sem empatia alguma para com o próximo. Para harmonizar, ganhamos de presente a tristeza, que nos aflora veementemente como o preço a se pagar por não ter uma identidade étnica, por não viver em cooperação planejada. Por viver em um mundo que promove uma falsa paz, que agoniza o povo com grilhões de anseios superficiais. Não temos uma guerra mundial, nosso conflito é interno. Somos miseráveis de tão prósperos que nos tornamos.

Qualquer coisa boba destrói a pessoa egoísta, o ego é como se fosse um castelo de papel. Uma crítica boba, uma opinião contrária deixa o egoísta totalmente desolado e enfraquecido. É uma armadura de açúcar. Boa parte das pessoas ricas tem um ego fragilizado, que em uma situação adversa a pessoa definha até a morte. Todas as pessoas presunçosas, prepotentes e consumistas tem um ego fragilizado. Todas as pessoas fracas, sem motivos para viver, submissas também tem um ego fraco. Os extremos possuem um ego fraco, sem semear a evolução em uma virtude conhecida como domínio próprio.

Humildade e Confiança é o que controla os ímpetos do nosso Ego, que segundo Freud é uma das três partes que compõe nossa psique, não confundir Ego e individualidade com egoísmo. Não somos melhor do que nenhum outro indivíduo na face da terra por natureza, e nem pior. E nem confundir autoestima com passar por cima das outras pessoas. Nem dominância com agressividade e por ai vai…

Ai você fala mal do time da pessoa ou de um comportamento particular, de partido B ou C e a pessoa te odeia pelo resto da tua vida. São coisas que não fere realmente ninguém, mas o sujeito egoísta pensa que fere. Se frusta por ser atingido por uma flecha inexistente. A sensação de um egoísta é como se  tivesse sido fuzilado por uma metralhadora em pleno auge da II Guerra Mundial. Não ferir ninguém propositalmente com palavras e atitudes. Racionalmente ver se é preciso ter o que você tem ou quer ou se você está tendo um comportamento idiota e fruto de sua época e de seu subgrupo. Há pessoas que se magoam quando veem alguém em uma posição melhor, de ver alguém mais inteligente, mais bonito, mais virtuoso etc… Isso tudo é á vontade por poder que está latente em muitos. Alguns se magoam, os melhores buscam evoluir, desenvolver e progredir. Aprender com os erros!

Narcisismo, prepotência, não ter os pés no chão derivam de um Ego inflado, a pessoa acaba se tornando escravo dos próprios anseios. É necessário entender onde você está falhando, observar as falhas dos outros, observar as suas falhas e parar de se magoar com coisas bestas. Pare de sofrer com a opinião negativa dos outros. Você é você e os outros são outros. Vá atrás de seus objetivos enquanto ainda há tempo. Não se isole, não se culpe, se fruste menos… Você é apenas um ser humano entre outros milhares de errantes de outros humanos…

”Admiro a terra, quero-a, sempre gostei dela. Sempre me senti feliz por estar vivo: apesar da guerra, das más notícias, não sou capaz de matar em mim a simples alegria de viver.”

– Julien Green

Amo vocês! Até a próxima.

 

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escreva um blog: WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: