1 de Julho

tumblr_nmphxbKkq91rbva4oo1_500

 

 

Na vida há fases boas e ruins, disso sabemos. É quase uma lei natural.

Só que ultimamente ando observando nas pessoas um determinando comportamento covarde. Comportamento do qual deveria ser evitado e se possível eliminado. Hoje em especial, falarei um pouco sobre ele…

Ah! Antes de começar, Eu queria dizer que se você se sente bem, se o destino sorriu para você, se sua casa, companheiro (a), familiares e amigos estão bem e se sua vida sentimental e financeira está a mil maravilhas, então agradeça a Deus por tudo isso e viva sua vida tranquilamente. Esse texto não é para você.

Porém se você está mal, fique por aqui e se liga no que irei lhe dizer:

Por favor, por tudo que é mais sagrado: ASSUMA sua fase vergonhosa e procure soluciona-la o mais rápido possível.

Não é uma escolha, é uma ordem! E possivelmente a única solução eficaz.

Digo isso porque muitas pessoas aderiram o costume de disfarçar o próprio humor. Afogam e suicidam sentimentos como se nada valessem. Claro! Ninguém merece viver chorando miséria e reclamando do Criador e do mundo o tempo todo. Entretanto estampar um sorriso na cara enquanto o coração só continua batendo por teimosia é (de longe) uma grande tolice.

Quando a fase não for das melhores, deixe isso bem claro e deixe mais claro ainda que você é uma pessoa forte o suficiente para lidar com as tribulações, aliás, mais do que isso: que todos saibam que você está matando leões por dia a fim de soluciona-los.

Agora viver omitindo e ignorando a má fase é o mesmo que tomar, diariamente, doses homeopáticas de veneno.

Se você continuar tocando a vida dessa forma, sinto lhe dizer que cedo ou tarde a frieza alcançará seu coração, ao ponto de deixa-lo inerte e indiferente, não sabendo mais distinguir felicidade de tristeza. E pra variar, com o tempo, tal atitude afastará as pessoas que estão a sua volta, pois exterminará a paciência de todas elas. Eu sei que nem todo mundo que fala também sente na pele o que você está passando, Mas tenha em mente que todos nós (sem exceção) somos vítimas do sofrimento, de uma forma ou outra. Seus amigos, pais e irmãos, muitas das vezes, realmente só desejam lhe ajudar. Não de forma perfeita, mas do jeito que sabem. E o que é feito naturalmente é feito com sinceridade.

Por isso, visualize seu problema o mais rápido possível e do jeito que puder. Encare-o como  um animal selvagem, como um gigante ou qualquer outro ser e caia na porrada com ele até destruí-lo.

Não vale a pena ficar maquiando a dor, fingindo que ela não existe. Seu coração irá corroer aos poucos se optar por este caminho.

Este não é um conselho barato de revista, nem palavras egoístas regadas à vodca matinal. Falo por experiência própria, fui covarde por muito tempo, hoje não sou mais. E se pudesse ler a doze meses atrás o que estou lendo agora, provavelmente teria assuntos melhores para desenvolver hoje…

Faça questão de viver sem arrependimentos. Levante a cabeça e transforme o motivo de sua tristeza num único alvo. Alimente seu foco e parta para o ataque.

Tudo vai dar certo. Você verá.

 

 

Abraços!

 

— Leonardo Veiga – 01/07/2015

Um comentário em “1 de Julho

Adicione o seu

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: